A rotina de exames pode prevenir doenças oculares

Sem categoria
10 de julho de 2017

Por

Dia da Saúde Ocular

A visão nos possibilita uma maior percepção das informações e um melhor relacionamento com o mundo à nossa volta.

Problemas de visão podem afetar interações sociais, contribuir com um maior número de acidentes além de, também, interferir no rendimento escolar e profissional. Sendo assim, preservá-la é, certamente, muito importante.

Há determinadas doenças que podem comprometer, temporária ou definitivamente, nossa visão, tais como:

– Afecções congênitas- Catarata, glaucoma, retinopatia da prematuridade, tumores, infecções.
– Estrabismo: condição em que os olhos ficam desalinhados, em direções diferentes.
– Erros refrativos: miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia.
– Catarata: opacificação do cristalino (lente intraocular natural), com baixa de visão progressiva.
– DMRI (Degeneração Macular Regressiva) – Geralmente após os 60 anos de idade e afeta a área central da retina, que se degenera com a idade.
– Glaucoma – Acomete o nervo óptico, em que o principal fator de risco é o aumento da pressão intraocular.
– Retinopatia Diabética – Cerca de 50% dos diabéticos desenvolverão algum grau de retinopatia diabética ao longo da vida

Diversas doenças podem ser assintomáticas, principalmente em sua fase inicial. Desta forma, não espere a apresentação de sintomas para procurar um oftalmologista, pois uma avaliação de rotina pode detectá-las precocemente.

Alguns, dos diversos exames que, quando realizados em visitas periódicas ao oftalmologista, ajudam na prevenção de doenças oculares e evitam o agravamento das mesmas, garantindo assim, uma saúde ocular mais adequada são:

– Teste do reflexo vermelho ou Teste do Olhinho – Deve ser realizado em recém-nascidos, permitindo detectar problemas congênitos logo nos primeiros meses de vida.
– Avaliação da acuidade visual e refração – Para verificar necessidade de óculos e determinar seu grau
– Avaliação da motilidade ou movimentação ocular
– Exame na lâmpada de fenda – Para avaliação das estruturas oculares como pálpebras, conjuntiva, córnea, cristalino
– Medida da pressão intraocular
– Fundo de Olho – Exame do nervo óptico e retina, principalmente

Com ou sem sintomas, na dúvida, consulte sempre um oftalmologista!

 

Responsável: Beatriz Mayumi | CRM: 139.498


Deixe uma resposta

*