Diabetes. Eu tenho, mas como posso entender meus exames para assim controlar melhor minha visão

Cuidados com os olhos, Informativo
16 de novembro de 2017

Por

diabetes

O diabetes é uma doença que faz seu organismo elevar os níveis de açúcar na corrente sanguínea acima do normal. Isso também é chamado de hiperglicemia. O diabetes do tipo 2 é a forma mais comum.

Se você tem diabetes do tipo 2, seu organismo não usa a insulina adequadamente. Isso é chamado de resistência insulínica. No início, seu pâncreas produz insulina extra para compensar; mas, com o tempo, ele não é capaz de manter essa produção e, consequentemente, manter seus níveis de glicose dentro da normalidade.

Já o diabetes tipo 1, o seu organismo é incapaz de produzir níveis adequados de insulina desde o nascimento. É uma forma mais rara de diabetes (somente 5%). Nesses casos, a terapia de reposição com insulina se faz necessária desde o principio do tratamento.

Em ambas as formas é necessário manter o controle rigoroso de açúcar no sangue. Tal controle é essencial para prevenir complicações relacionadas a doença, como por exemplo a perda de visão.

Existem, basicamente, dois exames capazes de quantificar os níveis de glicose no sangue: Glicose sérica (glicemia) e a hemoglobina glicada ou glicosilada (HbA1C).

A glicose sérica nada mais é do que a concentração de glicose no sangue num determinado momento (o momento da coleta sanguínea). Já a HbA1C se refere a uma média dos níveis de glicose dos últimos 2 – 3 meses e é expressada em porcentagem.

A Sociedade Americana de Diabetes sugere os seguintes alvos terapêuticos para a maioria dos adultos

HbA1C: Menor que 7%
• Níveis de glicemia (pré prandial): 80 – 130 mg/dl
• 1-2 horas após refeição: Menor de 180 mg/dl

LEMBREM-SE!
Seu organismo necessita de glicose para o funcionamento adequado. Reduzir seus níveis para menos de 70 mg/dL é tão perigoso (ou mais!) quanto níveis elevados.

A simples medição de um valor dentro da normalidade não significa que seu diabetes esteja sob controle. Existem muitos fatores que alteram a glicemia, desde a prática de atividade física, estresse e o intervalo desde última refeição. Por isso é tão importante manter um registro de todas suas medições.

Somente com controle adequado dos níveis de açúcar no sangue podemos evitar/remediar o comprometimento da visão pelo diabetes. Estudos mostram uma redução significativa da doença ocular naqueles pacientes que tratam adequadamente o diabetes.

Como trata-se de uma doença crônica, seu controle rigoroso, associado a visitas frequentes ao seu médico (clinico, endocrinologista e oftalmologista), é a melhor maneira de manter sua saúde e visão em dia!

Responsável: Dr. Bruno Godoy – CRM/SP – 156.440

Confira esta e muitas outras dicas na nossa página do Facebook e Instagram


Deixe uma resposta

*