ENXERGO MUITO POUCO, TEM ALGUMA COISA QUE PODE SER FEITA PARA ME AJUDAR?

Cuidados com os olhos, Dicas
05 de dezembro de 2017

Por

lupa

Os casos de pacientes que enxergam muito pouco são denominados de “baixa visão” na oftalmologia, são casos que não há mais perspectiva de cura.

Porém, não significa que não há nada a ser feito!

Esses pacientes devem passar por uma avaliação oftalmológica, onde será indicado recursos ópticos ou não ópticos, além de um treinamento de visão subnormal.

Hoje em dia, existem diversos recursos não ópticos e ópticos disponíveis no mercado como: bengalas, filtros especiais, lupas com iluminação, telescópios, aparelhos de ampliação digitais, celulares e teclados adaptados e até alguns softwares que fazem ampliação e melhoram o contraste no computador ou Tablet.

Cada caso é avaliado de acordo com a rotina do paciente, o seu dia a dia, estado emocional e físico. Em muitos casos, o tratamento é feito em conjunto com uma equipe multidisciplinar, composta por tecnólogo oftálmico, ortoptista , fisioterapeuta, terapeuta ocupacional e psicólogo, tudo para que a nova rotina de uma pessoa com baixa visão seja a menos traumática possível e os recursos possam ser aplicados de forma eficaz.

O importante quando se adquire um recurso é sempre pensar no objetivo principal, naquilo que mais se sente falta e não consegue realizar com a visão. Uma leitura de jornal? Ler uma Lousa? Bordar?

Com paciência para os treinamentos, indicações e adaptações corretas, será possível se beneficiar de uma qualidade visual e de vida um pouco melhor, mesmo para aquelas pessoas que tem uma visão residual, mas que não conseguem aproveita-las funcionalmente no dia a dia.

Responsável: Felipe Salvador – Tecnólogo Oftálmico

Confira esta e muitas outras dicas na nossa página do Facebook e Instagram


Deixe uma resposta

*