O TRATAMENTO DE ALTERAÇÕES DO COLESTEROL COM ESTATINAS PODE AUXILIAR NO TRATAMENTO DE DOENÇAS OCULARES?

Sem categoria
08 de agosto de 2017

Por

estatinas

As estatinas são medicações já consagradas para o controle do colesterol em pacientes com dislipidemias (alterações dos níveis de gorduras no sangue). Além dos benefícios cardiovasculares, o controle do colesterol com estatinas tem importância no controle e prevenção de diversas doenças oculares. Elas agem bloqueando uma enzima que desempenha papel fundamental na produção de colesterol no fígado, a hidroxi-metil-glutaril-CoA redutase (HMG-CoA redutase). Se a HMG-CoA redutase está inibida, a produção de LDL (colesterol ruim) é atrasada, levando a um aumento de HDL (colesterol bom).

Estudos indicam que a terapia com estatinas em pacientes com dislipidemia e diabetes tipo II reduz o risco de desenvolvimento de edema macular diabético e a progressão da retinopatia diabética. O tratamento da hipercolesterolemia também ajuda na prevenção do glaucoma, uma vez que, os pacientes dislipidêmicos tratados com estatinas têm menor risco de desenvolvimento de glaucoma de ângulo aberto do que aqueles não tratados.

As doenças oculares diretamente relacionadas com aterosclerose e doenças cardiovasculares também têm, evidentemente, seu risco reduzido com o tratamento das dislipidemias. É o caso das oclusões vasculares retinianas, das neuropatias ópticas isquêmicas não arteríticas e da síndrome ocular isquêmica.

Portanto, se você possui colesterol alto, não deixe de acompanhar a saúde de seus olhos com um médico oftalmologista.

 


Deixe uma resposta

*